segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Chamada importante: Campanha de vacinação contra a rubéola

RIO - Até o dia 12 de setembro, homens e mulheres de 20 a 34 anos devem ir a um dos dois mil postos de saúde para receber o imunizante. O Ministério da Saúde enviou para os municípios quatro milhões de doses da vacina.
Segundo o ministério, o estado enfrenta um surto da doença. Desde o início do ano, já foram registrados 1.100 casos confirmados em laboratório. Os homens são os mais atingidos com 70% das notificações. No ano passado foram confirmados 624 casos, 62% deles na capital. Outros 25 municípios também foram atingidos.
A rubéola é uma doença infecciosa que causa febre baixa, manchas avermelhadas na pele, inchaço nos gânglios e dores articulares e musculares. Os riscos maiores, porém, ocorrem na gravidez. Se a gestante for contaminada, o bebê corre risco de nascer com a Síndrome da Rubéola Congênita, que provoca anomalias congênitas como catarata, glaucoma e surdez. Além disso, a infecção pode levar a um aborto. Suspeita de gravidez é contra-indicação
Apesar de os riscos mais graves atingirem as mulheres, o Ministério da Saúde enfatiza a
importância de os homens se vacinarem para assegurar a proteção das mães e seus bebês.
Mulheres grávidas ou com suspeita de gravidez não devem ser vacinadas. Pessoas alérgicas a ovo também não devem ser imunizadas.
Fonte: O Globo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons