segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Povo de Santo faz abraço simbólico do Dique do Tororó

A Semana da Consciência Negra foi encerrada ontem com uma mobilização significativa para afrodescendentes. A 4ª Caminhada pela Vida e Liberdade Religiosa reuniu centenas de adeptos e simpatizantes de várias religiões de matriz africana da capital, interior e de outros estados. A marcha, organizada pelo Coletivo de Entidades Negras (CEN), partiu do Engenho Velho da Federação em direção ao Dique do Tororó, empunhando como principal bandeira o respeito à livre expressão da fé nos orixás, voduns, inquices e caboclos. Vestidos em sua maioria de branco, os participantes acompanharam o trio elétrico, cantando e dançando ao som do agogôs. "A caminhada é muito importante para afirmarmos a nossa religiosidade e para lutarmos contra o preconceito e a discriminação", afirmou Makota Valdina, makota do terreiro Tanuri Junssara, do Engenho Velho da Federação. Nesta edição, contabiliza a ialorixá Jaciara Ribeiro, do Ilê Axé Abassá de Ogum (Itapuã), houve um aumento no número de participantes, com cerca de 400 terreiros representados, incluindo alguns do Recife. Rio de Janeiro, Brasilía e São Paulo. "Nosso objetivo é que está marcha aconteça em todo país", disse chamando a atneção para o aumento do número de jovens e crianças presentes à caminhada.
Veja mais fotos aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons