terça-feira, 4 de novembro de 2008

Vizinho terá que pagar R$ 3 mil por discriminação

O mecânico Mauro Monteiro Pinto foi condenado a pagar uma indenização de R$ 3 mil por ofender e ameaçar um vizinho durante uma festa de Candomblé em Paty de Alferes, a 119 km do Rio de Janeiro. O processo por danos morais foi julgado no Juizado Especial Cível da cidade.

O filho-de-santo Marcelo da Silva Gomes foi chamado de "macumbeiro" e outras palavras de baixo calão enquanto fazia uma oferenda à entidade Oxossi na rua onde mora. Pinto também ameaçou atirar no vizinho se ele continuasse com o ritual.

"As pessoas têm medo de falar. Em um País como o Brasil, temos mais é que denunciar, colocar a boca no trombone", desabafou Gomes.

Durante o julgamento, Pinto garantiu que não ofendeu o vizinho e que estava com sua família na igreja no momento em que foi acusado das ofensas e ameaças. Porém, não apresentou testemunhas que confirmassem a versão.

Fonte: Terra

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons