terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 60 anos

Para comemorar, a ONU adotou o slogan "Dignidade e Justiça para todos", reforçando os objetivos da Declaração como um compromisso a favor da justiça e dignidade universais.

No dia 10 de dezembro de 1948, a Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou um dos documentos mais importantes da humanidade: a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Pela primeira vez na história, estabeleceram-se regras de conduta a fim de salvaguardar os direitos humanos de todos os povos, e visando cada indivíduo em particular.

Hoje, a Declaração Universal dos Direitos Humanos é o documento mais traduzido no mundo, inclusive anotado em livros de recordes com tal feito. São mais de 360 línguas que já transformaram o texto em inspiração para constituições e leis de vários países, desenvolvendo e implementando a democracia e o respeito pela humanidade.

Dentre os principais temas, a Declaração Universal dos Direitos Humanos exige que as necessidades fundamentais do ser humano sejam satisfeitas e reconhece a indivisibilidade e a interdependência do conjunto dos direitos humanos, quer sejam civis e políticos, como o direito à vida, à liberdade de expressão, quer sejam direitos econômicos, sociais e culturais, como o direito ao trabalho, à segurança social e à educação; o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros da família humana e dos seus direitos iguais e inalienáveis constitui o fundamento da liberdade, da justiça e da paz no mundo.

De acordo com a ONU, o processo de redação da Declaração envolveu representantes de todas as regiões do mundo e se inspirou nos valores, sistemas de crenças e tradições políticas de diferentes culturas e sociedades do planeta. Adotada, primeiro, como ideal comum a atingir por todos os países e todas as nações, a Declaração foi progressivamente aceita como representando as normas fundamentais de direitos humanos que deveriam ser respeitadas por todos. Hoje em dia, todos os países a aceitam e reafirmam o seu compromisso a favor dos direitos fundamentais nela consagrados.

Fonte: FCP

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons