quarta-feira, 27 de maio de 2009

Ecos da Conferência Estadual pela Igualdade



Terminou ontem a II Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial (II Conepir). Com as presença de três presidentes em Salvador- Lula, Hugo Chávez (Venezuela) e Abdoulaye Wade (Senegal) o noticiário sobre o encontro foi tímido.

Até eu mesma não pude dar uma atenção especial à conferência, pois estava trabalhando na cobertura da visita dos presidentes.

O que ficou decidido na Conepir foi a cobrança de que se cumpra o que manda a Lei 10639/08 (o ensino de História da África e Cultura Afro-Brasileira) nas escolas do Estado, a reformulação do Programa Universidade para Todos, além da implantação do Programa de Combate ao Racismo Institucional (PCRI) nos órgãos do governo baiano.

Também receberam aprovação a rejeição às Propostas de Emenda Constitucional (PEC´s) voltadas para reduzir a maioridade penal para 16 anos, dentre outras sugestões.

Os 400 delegados reunidos, representantes de 133 dos 417 municípios baianos, aprovaram também uma moção de repúdio aos delegados de polícia que permitem a realização de imagens dos suspeitos de crimes sob a sua custódia para exibição em programas de televisão da linha sensacionalista.

Dentre os participantes do encontro foram escolhidos os 64 delegados que irão representar a Bahia na II Conferência Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, que vai acontecer de 15 a 28 de junho em Brasília.

A II Conepir foi coordenada pela Seceretaria Estadual de Promoção da Igualdade (Sepromi) em parceria com o Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra (CDCN).
Fonte: Mundo Afro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons