quarta-feira, 1 de julho de 2009

Participação da Semur na II Conapir

A II Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial foi marcada com a presença da diversidade cultural brasileira, pelo ávido debate entre sociedade civil e governo sobre políticas públicas raciais. Além de ter sido uma demonstração da pluralidade étnica no processo civilizatório nacional.
As discussões sobre as áreas em que as políticas públicas precisam progredir e, principalmente, sobre o Estatuto da Igualdade Racial, em tramitação no Congresso Nacional, foram um dos temas tratados nesta etapa.
O secretário da Semur, Ailton Ferreira, participou de todos os dias da II Conapir que teve início na quinta-feira (25), e foi encerrada no último domingo (28), em Brasília. Durante a conferência a Semur pôde disseminar seu papel, enquanto secretaria de reparação e o secretário estreitou laços importantes com a Seppir.
Para o delegado nacional, Ailton Ferreira: “a aquisição dos conhecimentos de temas, tratados na conferência pelos diversos grupos de trabalho são extremamente relevantes e enriquecedores para o desenvolvimento da secretaria”. Já que, estes grupos discutiram eixos centrais sobre a Terra; Educação; Segurança e Justiça; Saúde; Trabalho e Renda e Políticas Internacionais. Além de demandas específicas de etnia cigana e dos povos indígenas. O Secretário Ailton Ferreira, mostrou-se encantado com a conferência e ressalta: ”A presença de grupos negros, indígenas, ciganos, judeus e palestinos foi uma demonstração inequívoca de que o Brasil é formado por várias contribuições culturais”. Ferreira observa ainda que: “Tudo que aconteceu na conferência é um alerta para que o estado brasileiro construa políticas públicas, que possam aperfeiçoar a relação social e o diálogo”. Aproveitando a amplitude dos temas pautados, representantes de movimentos sociais cobraram mais recursos para as ações e a divulgação dos resultados obtidos. E os delegados nacionais sugeriram que seja garantido orçamento no Plano Plurianual para a efetivação das políticas de igualdade racial, especialmente nas ações com comunidades quilombolas e povos indígenas.Após uma série de discussões, foi aprovada a defesa do Estatuto da Igualdade Racial e também de uma articulação para que o novo texto garanta os direitos à terra das comunidades quilombolas, a atenção à saúde, a liberdade religiosa e às cotas como instrumento de ação afirmativa.

Ministro Edson Santos visitará terreiros em Salvador
Durante a II Conapir o Ministro Edson Santos reuniu-se com o secretário Ailton Ferreira na sala vip. Neste encontro foram destacados os projetos desenvolvidos pela Semur como o Selo da Diversidade, PCRI – Projeto de Combate ao Racismo Institucional e a 2ª Edição do Mapeamento de Terreiros, este último despertou a atenção do Ministro, que se comprometeu em vir à cidade do Salvador, em agosto, e visitar alguns terreiros com o secretário. A avaliação da Semur, em relação a Conferência Nacional de Promoção da Igualdade Racial é positiva. E a expectativa é de que a conversação com os movimentos sociais, governo e sociedade civil sejam mantidas para fortalecer as ações em defesa da equidade social e para a aprovação do Estatuto da Igualdade Racial.
Fonte: SEMUR

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons