segunda-feira, 21 de junho de 2010

Con Paz - Conselho Parlamentar Pela Cultura da Paz

AUDIÊNCIA PÚBLICA "CULTURA DA PAZ NO ESTADO DO PARANÁ


Na Assembleia Legislativa realiza na ultima sexta-feira, dia 18, a partir das 9 horas, no plenarinho, a audiência “Cultura da Paz no Paraná”, proposta pelo deputado Péricles de Mello (PT). O evento contou com a participação de representantes de diferentes segmentos religiosos com o objetivo de criar um movimento pela paz em todo o Estado.
O deputado explica que o objetivo deste Conselho é formular diretrizes; sugerir atividades; ações governamentais e assessorar o Poder Legislativo em questões relativas às manifestações da comunidade pela cultura da paz, para fortalecer a democracia; o respeito à vida, às diferenças e aos direitos humanos; de redescobrir a solidariedade entre os povos; preservar o planeta e combater a violência.
Entre as propostas também está a de instituir a Semana da Cultura da Paz, sempre no mês de setembro de cada ano, e de criar um prêmio em homenagem a pessoas que promovam ações pela paz.
Na audiência esteve representando o Fórum Paranaense das Religiões de Matriz Africana a Ya Gunan, e mesmo sendo de ultima hora conseguimos organizar um grupo de participantes que respaldaram a fala da Ya que reafirmou a importância do respeito religioso, do combate ao preconceito que sofremos. Além disso, em minha fala reafirmei a importância de estarmos representados no conselho, de que este conselho se instale nos municípios e se consolide em sua atuação, varias proposta foram apresentadas ao fórum por outras instituições.
A fala de Ya Gunan foi fundamental e mostrar o quanto sera desafiador romper estes limites dos paradigmas impostos frente a tants barbaridade e violencias vividas por nossos irmãos e irmãs da fé, frente as raizes culturais estabelecidas geradoras de descriminação como ser mulher e negra.
Lembramos ainda que a cultura da Paz não pode ser entendida como ato de submissão e subordinação frente as situações de violencia de intolerancia religiosa em que vivemos...
O debate foi rico, foi citado desde a importancia da Paz individual até a resposabilidade das instituições religiosas frente ao processo educativo da fé em cada familia sob nossa orientação.
Surgiram várias propostas e desafios para o Conselho tais como a realizaçãode um encontro estadual, cobrar do governo estadual a instalação da Delegacia de combate toda forma de descriminação e preconceito, instalação e funcionamento em rede dos conselhos municipais.
Finalizou-se o evento com a possibilidade de elaboração de um documento com textos de cada comunidade religiosa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons