quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Café da manhã reúne candidatos e líderes de religião de matriz africana


O café da manhã no comitê de Valmir Assunção (1310), candidato a deputado federal, reuniu líderes religiosos de matriz africana, membros do coletivo de entidades negras (CEN) e contou com a presença do candidato a reeleição a deputado estadual, Bira Corôa (13613). No evento foram discutidos os compromissos dos candidatos com as ações políticas pelas lutas em defesa das religiões de Candomblé.

De acordo com Marcos Rezende, coordenador do CEN e mediador do debate, os grupos religiosos de matriz africana devem estar inseridos nas discussões para que agreguem visibilidade, espaço e poder político nas ações do Estado para os terreiros de Candomblé como reconhecimento da religião no contexto baiano. “Quem quer saber e conhecer de política define e dita os rumos da situação”, disse Marcos Rezende.

Bira Corôa e candidato a reeleição, falou das ações de seu mandato e de seu companheiro de luta Valmir Assunção em prol da promoção da igualdade e intolerância religiosa, a exemplo do Estatuto Estadual da Igualdade que aguarda aprovação. Também completou a fala de Marcos Rezende afirmando que poucas vezes as discussões políticas reuniram os grupos religiosos de matriz africana. “A negação dos debates políticos dá o direito a outros grupos se manisfestarem neste sentido”, pontuou Bira Corôa.

O candidato a deputado federal, Valmir Assunção lembrou de uma fala de Bira Corôa que diz que o trabalho deve ser coletivo. “Temos que dá visivilidade aos invisíveis, precisamos fazer este esforço, completa Valmir Assunção”. Disse também que apesar de não ser de candomblé, respeita a causa e propôs o cargo de Secretario de Desenvolvimento Social de Combate a pobreza a Arani Santana, mulher negra e religiosa de matriz africana. “Eu acredito que os terreiros precisam de mais políticas sociais”, conclui Valmir.

As discussões definiram como estratégia a tentativa de reforçar a posição de Jaques Wagner e Pinheiro em um debate entre o governo do Estado e os religiosos de matriz africana. Definiram também pontos a serem trabalhados pelos candidatos após as eleições.
Fonte: Assessoria de Comunicação Bira Corôa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons