quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Mundo: Resgatado o último minerador no Chile


Chega ao fim o drama vivido por 33 mineiros presos durante 70 dias na mina San José, em Copiapó, no Chile. Após quase 24 horas, o último trabalhador, o topógrafo Luis Urzúa, de 54 anos, foi resgatado na noite desta quarta-feira, 11. Ele chegou à superfície por volta de 21h55 (horário de Brasília).

As autoridades chilenas iniciaram nesta manhã o resgate dos mineiros que tiveram problemas de saúde durante o confinamento. No início, eles optaram por retirar os mais experientes, que relataram as dificuldades do socorro antes da retirada dos colegas que estão com a saúde debilitada.


O primeiro mineiro com problemas de saúde a ser socorrido foi Mário Gómes Heredia, 63 anos, o mais velho dos soterrados. Ele, que tem mais de 50 anos de experiência com mineração, tem problemas de hipertensão. Mário, que estava com um terço pendurado no pescoço, saiu aplaudido pelos presentes e foi recebido pela mulher. O mineiro se ajoelhou no chão abraçado a bandeira do Chile e agradeceu pelo resgate.


Apesar de aparentar boas condições físicas, a saúde de Mário preocupa os resgatistas, já que ele reclamou de dificuldade para respirar após sair da "Fênix II" e precisou de oxigênio.

Álex Vega, que tem problemas de hipertensão e insuficiência renal, foi o décimo mineiro a ser resgatado. Ao sair, ele agradeceu aos resgatistas e abraçou sua mulher Jéssica Salgado.

Em seguida foram retirados Jorge Orellana, 56 anos, que foi recebido entre cantos e gritos pelos familiares e Edison Peña Villarroel, 34, que tem problemas auditivos, hipertensão e diabetes, Carlos Barrios, Víctor Bugueño, 33, Daniel Herrera e Víctor Segovia Rojas, 48. Edison foi o mineiro que mais sofreu com stress. Víctor Segovia apresentou sinais de esgotamento e foi atendido por médicos.

Com o andamento do resgate sem transtornos, o presidente do Chile Sebastián Piñera disse que a ação deve terminar antes do previsto. "Os prazos diminuíram. Estamos avançando a um ritmo de 40 minutos para cada resgate", disse Piñera, que acompanha a operação ao lado do gestor da Bolívia, Evo Morales. Antes de começar o resgate, a expectativa era que o último mineiro fosse retirado em até 48 horas após o início da ação.

Resgate - A operação, que acontece sem transtornos, começou às 23h20 desta terça, 12, com a descida do socorrista Manuel González, que passou instruções para os mineiros. O primeiro socorrido foi Florencio Ávalos, que foi recebido pela mulher e filho de sete anos em meio a aplausou e gritos de "Chi, chi, chi! Le, le, le!".

Os chilenos Florencio Ávalos, Mario Sepúlveda e Juan Illanes foram os três primeiros a ser resgatados. Na sequência, vieram o boliviano Carlos Mamani e os chilenos Jimmy Sánchez e Osmán Araya. Após horas de trabalho, os socorristas tiveram de interromper o resgate para consertar um problema na estrutura da "Fênix 2".

Único estrangeiro do grupo, Carlos Mamani, de 24 anos, é casado com Verónica Quispe e pai de uma menina de um ano e quatro meses. Ele estava trabalhando na mina San José havia apenas cinco dias quando ocorreu o desmoronamento no local no dia 5 de agosto.

Jimmy Sánchez, de 19 anos, é o mais jovem do grupo. Tem uma filha de três meses e quer se casar com a namorada, Helen Ávalos, de 17 anos. Ele queria abandonar a profissão de minerador e conseguir alguma outra para conciliar com os estudos.

Torcedor do clube Universidad de Chile, durante seu confinamento na mina recebeu uma camisa assinada por todos os jogadores da equipe. Ao sair, portava uma bandeira do clube com os dizeres "Mais que uma paixão, um sentimento".

Confira abaixo o nome e a ordem do resgate dos 33 mineiros:

1º- Florencio Ávalos: 31 anos, capataz, casado.

2º- Mario Sepúlveda: 40, eletricista, casado.

3º- Juan Illanes: 52, mineiro, casado.

4º- Carlos Mamani: 23, operador de máquinas pesadas, casado e pai de uma filha. Boliviano e único estrangeiro do grupo.

5º- Jimmy Sánchez: 19, mineiro, solteiro e o mais jovem do grupo.

6º- Osman Araya: 30, mineiro, casado, com três filhos.

7º- José Ojeda: 46, encarregado de perfuração, viúvo, diabético e autor da famosa mensagem "Estamos bem no refúgio, os 33".

8º- Claudio Yáñez: 34, operador de máquina, duas filhas.

9º- Mario Gómez: 63, motorista, casado e com quatro filhas.

10º- Alex Vega: 32, mecânico de máquinas pesadas, casado.

11º- Jorge Galleguillos: 56, mineiro experiente, casado, sofre de hipertensão.

12º- Edison Peña: 34, mineiro, solteiro.

13º- Carlos Barrios: 27, mineiro, solteiro.

14º- Víctor Zamora: 33, mecânico, casado.

15º- Víctor Segovia: 48, eletricista, casado e encarregado de registrar por escrito o que ocorre dentro da mina.

16º- Daniel Herrera: 27 anos, motorista de caminhão, casado.

17º- Omar Reygadas: 56, eletricista, casado, recém contratado para trabalhar na mina.

18º- Esteban Rojas: 44, encarregado de manutenção, casado.

19º- Pablo Rojas: 45 anos, encarregado de explosivos, casado. Trabalhava há menos de seis meses na mina.

20º- Darío Segovia: 48 anos, operador de máquina, casado.

21º- Yonni Barrios: 50, eletricista, casado e encarregado do acompanhamento médico dos mineiros por seus conhecimentos de enfermagem. É aguardado no exterior da mina por duas companheiras, que já brigaram.

22º- Samuel Ávalos: 43, mineiro, casado e com antecedentes no uso de entorpecentes.

23º- Carlos Bugueño: 27, mineiro, solteiro.

24º- José Henríquez: 54, encarregado de perfuração, casado e guia espiritual dos mineiros.

25º- Renán Ávalos: 29, mineiro, solteiro, irmão de Florencio Ávalos.

26º- Claudio Acuña: 44, operador de perfuradora, solteiro.

27º- Franklin Lobos: 53, motorista, solteiro e ex-jogador profissional de futebol.

28º- Richard Villarroel: 27, mecânico, solteiro.

29º- Juan Aguilar: 49, supervisor, casado.

30º- Raúl Bustos: 40, mecânico hidráulico, casado. Trabalhava como mecânico nos estaleiros da Marinha chilena em Talcahuano, porto destruído pelo tsunami de 27 de fevereiro.

31º- Pedro Cortez: 24, eletricista, solteiro.

32º- Ariel Ticona: 29, motorista de máquina pesada, casado. Sua mulher, Margarita, deu à luz a terceira filha durante o pesadelo dos mineiros e a batizou de Esperanza a pedido do marido.

33º- Luis Urzúa: 54, topógrafo e chefe de turno, casado. É o lider do grupo.



Confira vídeo do primeiro mineiro chegar à superfície




Fonte: A Tarde

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons