quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Na tribuna da Câmara, Paulo Rubem agradece votos e reafirma compromissos

Venho a esta tribuna também para manifestar-me em relação à eleição do dia 3 de outubro, primeira disputa eleitoral a qual concorri fora do Partido dos Trabalhadores, a primeira eleição que disputei pelo PDT, uma campanha extremamente mobilizada, uma eleição que consagrou o Governador Eduardo Campos com a maior votação proporcional do País, mas que também foi bastante disputada nos grandes centros metropolitanos. Concorremos com os principais candidatos da coligação partidária, com o ex-Prefeito João Paulo, Prefeito por 8 anos da cidade do Recife pelo PT, com a ex-Prefeita de Olinda, Luciana Santos, por 2 mandatos, ambos eleitos para o mandato de Deputado Federal, mas tínhamos a clareza de que o que plantamos não seria completamente tomado, nem dizimado pelas máquinas da propaganda eleitoral, pela mídia, pelo excesso de publicidade nas ruas.
A eleição em Pernambuco não foi disputada, não foi objeto de uma polarização, porque desde o início o Governador Eduardo Campos conquistou a preferência dos pernambucanos e chegou a uma diferença histórica, a maior de um Governador, vencendo a eleição no primeiro turno.

Por isso é que foi muito mais difícil percorrermos as cidades da região metropolitana, os Municípios do agreste, do sertão e da zona da mata. Optamos por uma campanha completamente diferente, uma campanha feita à base de caminhadas, de comícios relâmpagos, uma campanha em que entrávamos nas lojas comerciais, íamos às feiras, aos mercados públicos explicar cada um dos folhetos que preparamos para prestar contas do nosso mandato nesta Casa, a nossa atuação em defesa da Lei Maria da Penha, em defesa do Plano Nacional dos Direitos Humanos, em defesa da reforma urbana, a minha participação na luta pela nova Lei do Saneamento, pela aprovação da Lei do Sistema Nacional de Habitação de Interesse Social, a minha presença constante, inclusive, ainda agora como Vice-Presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados na luta pela aprovação do FUNDEB, Fundo para Educação Básica, na defesa da Lei do Piso Salarial Nacional para os Profissionais da Educação e nada fez intransigente do Estatuto da Criança e do Adolescente, como aqui também fizemos a defesa pela aprovação da PEC nº 300 para os policiais civis, militares, bombeiros militares. “.

Agora a batalha é pela vitória de Dilma no 2o. turno. Para avançarmos nos investimentos em saneamento, na aprovação no novo Plano Nacionald e educação, da aprovação da PEC que vincula 1% do orçamento para habitação popular no país, pela aprovaçãoem segundo turno das PECs 438, de combate ao trabalho escravo e 300/446, das polícias civil, militar e bombeiros militares, para acelerarmos a aprovação dos demais projetos de combate á corrupção. Enfim, para buscarmos outras diretrizes para uma política econõmcia, fuindando uma década de conservqadorismo,d e juros altos e de uma estabilidade inflacionária mantida com a transferências de bilhões e bilhões anuais do orçamento para a elite que vive da renda dos juros da dívida pública.

Vamos juntos.

Já estamos fechando a agenda de rua com Dilma. Acompanhe, apareça, fortaleça nosssas caminhadas. Vamos à vitória !!!!

Paulo Rubem - Deputado Federal / PDT - 1212

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons