sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Novamente, um sucesso de público

A transmissão ao vivo da operação da Polícia do Rio nas favelas do Complexo do Alemão é um marco na TV brasileira. Ontem o Brasil parou para ver a sequência que a realidade produziu para a série Tropa de Elite.

Pode-se argumentar que já vimos inúmeros programas acompanharem movimentações policiais. No ônibus 174 e no caso da menina Eloá, sequestrada em Santo André pelo próprio namorado, testemunhamos crimes que aconteciam ao vivo diante das câmeras. Tínhamos comentaristas de situações de crise posicionados em estúdios auxiliando a narração.

O diferente ontem foi sentir que éramos nós mesmos que dependíamos daquele desfecho. Com a rotina da cidade completamente transformada pelos eventos, cada telespectador carioca se viu como parte da ação, em vez de simplesmente torcer por um bom ou mau desfecho na vida de terceiros - era difícil ignorar.

Uma sensação parecida com ver um jogo de Copa do Mundo. Em vez de um time representando o país, eram policiais. Em vez de gol, a vibração surgiu no momento em que dois traficantes em fuga a pé foram alvejados.

Éramos NÓS atirando, acenando com bandeiras brancas sobre lajes e nos escondendo dos tiros dentro de casa, contra ELES, que fugiam ou nos afrontavam - como ficou claro na cena em que um dos traficantes que deixavam a pé a Vila Cruzeiro apontou um fuzil na direção da câmera da Globo, em atitude desafiadora.

Em eventos anteriores, era mais nítida a noção de que éramos telespectadores protegidos. A onda de violência, de fato, mudou a rotina de todos. Não eram só as escolas municipais da região conflituosa que interrompiam suas atividades, o que sempre ocorre: empresas encerraram expediente mais cedo, e eventos de entretenimento foram cancelados. A cidade se uniu diante da TV, tentando torcer por si.

Como somos 191 milhões de comentaristas, tanto de futebol quanto de política, divergíamos do esquema, da falta de jogadas ensaiadas, da escalação. Por fim, redistribuída democraticamente e transmitida ao vivo, a fascinante violência do Rio se firmou de novo como sucesso de público.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons