quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Salvador: Atos religiosos, institucionais e educacionais pela Consciência Negra

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro), a Prefeitura do Salvador, através da Secretaria Municipal da Reparação (Semur), organiza diferentes atos durante o mês de novembro. Na sexta-feira (19), no alto da Colina Sagrada, no Bonfim, será celebrada missa em ação de graças em memória de Zumbi, o Rei dos Palmares, e pelo aniversário da secretaria. Também marcam as comemorações, homenagem a Zumbi, no sábado (20) e lançamento da Cartilha ‘Cotas porque Sim’, no dia 25 de novembro.

O ato religioso vai reunir na Igreja do Bonfim servidores municipais, representantes de movimentos e profissionais negros de diversas áreas de atuação. Para o secretário da Semur, Ailton Ferreira, a missa representa um momento de comunhão e confirmação da riqueza cultural religiosa da Bahia.

Também fazem parte das comemorações da sexta-feira, a Ação Cidadania Afro, da OAB, que acontece entre 9h e 17h na Praça Municipal, e a apresentação de serviços e projetos da Semur, às 15h, no Espaço Cultural da Barroquinha. As atividades do dia serão encerradas com a discussão sobre o Momento Negro na Política Nacional, no Espaço Tolu, no final de linha da Fazenda Grande do Retiro.

Homenagem a Zumbi - No dia 20, quando o Brasil comemora o Dia da Consciência Negra, a Semur realiza ato institucional em homenagem a Zumbi. O momento ocorrerá às 15h, na Praça da Sé, quando serão colocadas flores na estátua do guerreiro negro, com a execução do Hino Nacional pela banda da Polícia Militar.

Segundo o secretário da Semur, a homenagem se configura como um ato institucional, representando o reconhecimento do poder público à figura de um herói negro da história brasileira.

Outra ação que marca as comemorações é o lançamento da cartilha ‘Cotas porque Sim’, no dia 25 de novembro, às 14h, no auditório do Ministério Público da Bahia. A cartilha, de caráter informativo e educativo, tem o objetivo de mostrar a importância da política de cotas para garantir o ingresso dos estudantes negro nas universidades.

Na programação do sábado (20) também estão inclusos o fórum sobre diversidade, que ocorre às 8h30, no auditório do Instituto Social da Bahia (ISBa), em Ondina; um café-palestra em homenagem a lideranças negras e entrega de flores a Mãe Runhó, no terreiro do Bogum, no Engenho Velho da Federação, às 10h; um almoço em homenagem a Alaíde do feijão, no restaurante que tem seu nome, no Pelourinho, e um sarau de músicas evangélicas negras na Igreja Batista Aliança, no bairro da Liberdade. Também fazem parte da programação do dia, a X Caminhada da Liberdade, da Liberdade ao centro Histórico, a partir das 16h, e a Marcha da CONEN, do Campo Grande ao Centro Histórico. No domingo (21), ocorre a VI Caminhada pela Vida e Liberdade Religiosa, com saída às 9h, do Engenho Velho da Federação ao Dique do Tororó.

Já para segunda-feira (22), está previsto um seminário sobre o negro e a hipertensão, um desfile de moda afro, no Centro Cultural da Barroquinha, às 15h, e uma palestra sobre Qualificação Profissional e Empreendedorismo, na Escola Municipal Carlos Novaes, no bairro da Liberdade.

Fonte:http://noticiasdabahia.com.br/ultimas_noticias.php?cod=10232

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons