terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Morre em S. Paulo Pai Pérsio de Xangô

Faleceu na madrugada desta terça-feira (14/12), o Tata Pérsio de Xangô, um dos mais importantes babalorixá do Candomblé de S. Paulo, do Ilé Alákétu Asè Airá, localizado no bairro Batistini, em S. Bernardo do Campo, na região do Grande ABC. Pai Pérsio tinha problemas com a diabete que lhe debilitou a saúde e provocou sua morte.

Dele, o professor e estudioso do Candomblé, Reginaldo Prandi, escreveu:"Pérsio de Xangô, que já morava em São Paulo com casa de umbanda, voltou à Bahia em 1968, onde se iniciou com Nezinho de Muritiba, sendo sua dofona de barco Tia Nilzete, filha carnal de Simpliciana, ialorixá do Axé de Oxumarê, em Salvador. Em 1971, Pérsio iniciou Tonhão de Ogum, de quem mãe Rosinha foi a mãe-pequena. Seu Nezinho da Muritiba era o chefe do terreiro do Portão de Muritiba, no Recôncavo, onde Mãe Rosinha de Xangô era mãe-pequena."

Depois da morte de Nezinho de Muritiba, Tata Pérsio deu obrigação de 7 anos com Mãe Menininha, Ialorixá do Terreiro do Gantois, em Salvador, a que esteve filiado até sua morte.
Lamentamos informar o passamento de nosso querido Pai Pérsio de Xângo.

O velório está acontecendo no Axé Batisitini, à Rua Antonio Batisitini, 226 no Bairro Batistini em São Bernardo do Campo e o enterro está marcado para esta quarta-feira (15/12), ainda sem horário confirmado, no Cemitério Baeta Neves, em S. Bernardo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons