terça-feira, 29 de março de 2011

Preta Gil responde comentário preconceituoso de deputado



O CQC desta segunda-feira, dia 28, exibiu o quadro "O Povo Quer Saber" com o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Ao responder perguntas de anônimos e famosos, o político revelou que sente saudades da época da ditadura e disse não correr o risco de ter um filho homossexual. Ao ser questionado por Preta Gil sobre como reagiria caso um filho seu namorasse uma negra, ele intitulou a possibilidade de "promiscuidade". "Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu", disse o deputado.

Em resposta ao deputado, a cantora disse em seu Twitter: "Advogado acionado, sou uma mulher Negra, forte e irei até o fim. Racismo é crime! E ele assume que o é. Conto com o apoio de vocês e na realidade vamos agradecer ao CQC que nos deu a prova maior".

Em seu blog, Marcelo Tas se manifesta contra o depoimento de Bolsonaro. "Ao contrário dele, eu repudio a ditadura e o preconceito de qualquer natureza. Inclusive o preconceito de alguns que acreditam que um programa de humor não deva tratar desse assunto", disse o líder do CQC.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons