terça-feira, 24 de maio de 2011

Nota do CEN sobre Abdias do Nascimento



Hoje o Brasil acordou mais triste com o passamento do Senador da República, jornalista, ator, diretor, artista plástico, pensador e, antes de tudo e mais importante, o mais ilustre negro contemporâneo, Abdias do Nascimento.

Para nós, do COLETIVO DE ENTIDADES NEGRAS (CEN), com a morte de Abdias não perde o Movimento Negro, ao nos deixar para agora brilhar na constelação dos grandes heróis da história deste país, quem perde é o Brasil ao deixar de ter a fina percepção da realidade que Abdias do Nascimento sempre nos trouxe.

Maior entre os maiores, Abdias sempre foi terno, sem deixar de ser incisivo; foi cortante como o aço, mesmo quando trazia aos palcos a sensibilidade artística; fundamentalmente indignado, Abdias nunca se calou diante da real e visível realidade da população negra brasileira.

Adjetivos não faltam para descrever Abdias do Nascimento, mas ficamos felizes hoje em perceber que "grande" foi o mais frequente. Sem dúvida, acreditamos que este grande brasileiro, grande homem, grande senador, grande negro, nos deixa belíssimas lições de como fazer militância sem se resignar e sem se tornar rancoroso.

Nós, do COLETIVO DE ENTIDADES NEGRAS (CEN), acreditamos que antes de chorar o passamento de Abdias, devemos agradecer aos nossos Orixás a oportunidade que nos foi dada de termos sido seus contemporâneos e hoje, neste momento, temos certeza que Oyá o afaga em seus braços e seu vento suave, mas firme o carrega célere para o Orun, onde a partir de agora Abdias se soma àqueles e aquelas que transcenderam as fronteiras e deixaram de ser apenas cidadãos de um país, para se tornarem defensores de todos os oprimidos do planeta e, com certeza, entre todos eles, Abdias ocupará lugar de destaque.

ASSINA: COORDENAÇÃO NACIONAL DO COLETIVO DE ENTIDADES NEGRAS (CEN)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons