sábado, 11 de junho de 2011

Bombeiros saem marchando e cantando do Quartel de Charitas


Rio - Os mais de 400 bombeiros presos e dois policias militares saíram marchando do Quartel Central dos Bombeiros de Charitas, em Niterói, região metropolitana do Rio. Os militares cantaram o hino da corporação e o Hino Nacional, e seguiram em direção aos ônibus. Muitos familiares e vários moradores de Niterói acompanharam emocionados a libertação dos presos.

Os militares se aglomeram em frente ao Quartel, do outro lado da rua, para aguardar a liberação de 12 presos, que ainda estavam sem alvará de soltura. Segundo o advogado Aderson Bussinger Carvalho, da Comissão de Direitos Humanos da OAB, eles estão providenciando com a Justiça esses outros alvarás. A corregedoria da Polícia Militar teria enviado uma lista incompleta para a Justiça.

Dos 439 presos, 15 não tinham nem nota de culpa, que é o documento que a autoridade é obrigada a entregar ao preso, na hipótese de flagrante, informando-o do que se alega contra ele. Isso significa, que eles eles ficaram presos sem motivo, já que não foram denunciados. E alguns autos de flagrante tinham a data errada, 7 de junho como o dia do flagrante.

Duas motos e dois carros do 12º BPM (Niterói) farão o serviço de batedores dos ônibus utlizados pelos bombeiros, para garantir a fluidez do trânsito até o Centro do Rio.

Apoio de todos os lados

Mais de dez pilotos de parapente irão pousar em Charitas em solidariedade ao movimento. Everson de Oliveira nunes, 40 anos, auxiliar administrativo e piloto, que já pousou, disse que eles estão decolando do Parque da Cidade, também em Niterói.

Justiça manda soltar todos os 429 bombeiros presos

A Justiça concedeu, na madrugada de sexta-feira, um habeas corpus que garante liberdade a todos os bombeiros presos. O recurso foi pedido por parlamentares da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e atendido pelo desembargador Cláudio Brandão.

"Convencido de que a manutenção da prisão não mais se justifica, defiro a liminar requerida e concedo liberdade provisória aos militares presos no episódio mencionado na petição inicial e que constam na relação", informa a decisão do desembargador.

Por volta das 22h45 de ontem, o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) informou sobre a soltura de nove bombeiros a jornalistas e familiares que estavam em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros em Charitas. Os oficiais que estavam no batalhão do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento), localizado em São Cristovão, chegaram a Charitas, onde dormiram para para aguardar os alvarás dos outros colegas. Segundo o deputado, dos nove oficiais, um é mulher, a tenente Lucrécia.

Fonte: O Dia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons