terça-feira, 5 de julho de 2011

Parceiros discutem Encontro do Ano Internacional dos Afrodescendentes

Agendado para acontecer em Salvador, nos dias 17, 18 e 19 de novembro, evento deverá reunir cerca de sete chefes de Estado, parlamentares e representações do movimento social negro

A capital baiana sediará em novembro, o Encontro Mundial do Ano Internacional dos Afrodescendentes – importante reunião sobre questões relativas a essa população nos países Ibero-Americanos. Para definir diretrizes, reuniram-se hoje (05), na Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), representantes dos órgãos parceiros na organização do evento. As atividades acontecerão de 17 a 19 de novembro, em Salvador, marcando as celebrações do 20 de Novembro – Dia da Consciência Negra, e do Ano Internacional dos Afrodescendentes – 2011, conforme a resolução 64/169 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Devem participar do encontro políticos e representantes de movimentos sociais e chefes de Estado de diversos países com população afrodescendente, como Cuba, Colômbia, Venezuela, Nicarágua, Panamá, Caribe e México, além de autoridades de países africanos. Além de uma reunião de chefes de estado e de governo no dia 19, o encontro prevê atividades voltadas para a sociedade civil e a construção de uma carta de Salvador. Entre as mesas de debates, uma será dedicada à discussões acerca da influência africana no Caribe e na América Latina, em função do legado da África para a história e cultura desses países.

A organização do evento, proposto pela Secretaria Geral Ibero-Americana (Segib), ficará a cargo do Itamaraty, da Seppir e da Secretaria de Promoção da Igualdade do Estado da Bahia (Sepromi), com apoio da Secretaria estadual para Assuntos Internacionais e da Agenda Bahia (Serinter). O ex-ministro da Cultura, Juca Ferreira, é o embaixador Especial da Segib para a Comemoração do Ano Internacional dos Afrodescendentes.

Na reunião de trabalho ocorrida hoje, no gabinete da ministra da Seppir, Luiza Bairros, representaram o Ministério das Relações Exteriores, o ministro chefe do Departamento de Temas Sociais do Itamaraty, Sílvio Albuquerque, os diretores da Segib, German da Rosa e Alice Pessoa de Abreu, o presidente da Fundação Cultural Palmares da Secretaria de Cultura da Bahia, Ubiratan Castro, o secretário da Serinter, Fernando Schimidt.

Segib

A Segib é uma organização internacional com sede em Madri, criada em 2003, fruto da I Cúpula Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo celebrada em 1991. É constituída por 22 países – 19 na América Latina e três na Península Ibérica, Espanha, Portugal e Andorra. A Segib é o órgão permanente de apoio institucional e técnico da Conferência Ibero-americana realizada dentro da Cúpula.

Os objetivos da organização são auxiliar na preparação, coordenar e executar mandatos das Cúpulas de Chefes de Estado e de Governo, fortalecer a cooperação no marco da Conferência Ibero-americana, promover e estreitar vínculos históricos, culturais, sociais e econômicos entre os países ibero-americanos, reconhecendo e valorizando a diversidade entre seus povos, e contribuir para o fortalecimento e integração da Comunidade Ibero-americana, além de promover sua projeção internacional.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons