quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Caixa se desculpa por usar ator branco para interpretar Machado de Assis

Rio de Janeiro, 21 set (EFE).- A Caixa Econômica Federal se desculpou nesta quarta-feira por ter usado um ator branco para representar o escritor Machado de Assis, que era mulato, em um anúncio publicitário, que já foi retirado do ar pelo banco. Num comunicado assinado pelo presidente da Caixa, Jorge Hereda, a instituição disse que 'pede desculpas a toda população, especialmente aos movimentos ligados às causas raciais, por não ter caracterizado o escritor, que era afro-brasileiro, com a sua origem racial'. 
A peça publicitária, em comemoração aos 150 anos da instituição, foi veiculada nos últimos dias em diversas redes de televisão. A campanha foi criticada por organizações que combatem o racismo e questionada até pelo governo, por meio da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) Segundo o órgão, que tem status de ministério, a publicidade é 'inadequada por contribuir para a invisibilização dos afro-brasileiros, distorcendo evidências pessoais e coletivas relevantes para a compreensão da personalidade literária de Machado de Assis, de sua obra e seu contexto histórico'. 
A Secretaria declarou que recebeu denúncias contra o vídeo publicitário de defensores públicos, que exigiram explicações da direção do banco. A Seppir pediu que a publicidade fosse retirada e que a Caixa reconhecesse o equívoco. No comunicado divulgado nesta quarta, a instituição afirmou que 'nasceu com a missão de ser o banco de todos e jamais fez distinção entre pobres, ricos, brancos, negros, índios, homens, mulheres, jovens, velhos ou qualquer outra diferença social ou racial'. EFE

Fonte: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons