terça-feira, 20 de março de 2012

Valmir lamenta morte de Ebomy Cidália


Ao tomar conhecimento do falecimento da Ebomy  - título concedido às sacerdotizas mais velhas das religiões de matrizes africanas que detém os conhecimentos mais elevados -  Cidália Soledade, de 82 anos, hoje pela manhã, em Salvador, o deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) disse que “as religiões de matrizes africanas perdem um baluarte vivo da cultura e da sabedoria”.
Filha de Iroko, o orixá que habita a gameleira e domina os mistérios da vida e da morte, Cidália foi consagrada por Mãe Menininha do Gantois, uma das ialorixás mais famosas do Brasil. O sepultamento será nesta quarta-feira, às 15 horas, no Jardim da Saudade, sendo o velório realizado na Capela H. Cidália deixa quatro filhos:  Elizabeth, Raimundo, Eliana e Josenice.
Ebomy Cidália tinha 75 anos de consagração à religião dos orixás. Era dona de um grande carisma. Conforme explicou o coordenador do Coletivo de Entidades Negras na Bahia, Marcos Rezende,  “sendo filha de Iroko, um orixá raro, Cidália representava o berço da sabedoria e da manutenção das tradições das religiões de matrizes africanas”, afirmou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons