sábado, 5 de maio de 2012

Alunos da Unesp fazem protesto contra o racismo em Araraquara, SP


Alunos da Unesp de Araraquara (SP) fizeram uma manifestação contra o racismo na manhã deste sábado (5). O protesto contou com 18 pessoas, que percorreram as ruas da região central, com apitos, cartazes e megafones.


O protesto foi motivado por uma pichação em uma parede da Faculdade de Ciências e Letras com os dizeres “sem cotas para os animais da África”, no início de abril. A universidade conta com alunos do continente africano, beneficiados pelo Programa de Estudantes-Convênio de Graduação (PEC-G), do Governo Federal.



O grupo se reuniu em frente à Prefeitura, por volta das 10h. Eles aguardaram 1h30 para iniciar a manifestação, que contou com o apoio de agentes de trânsito. Os 18 manifestantes desceram a Rua São Bento, viraram na Avenida Portugal e subiram a Rua Nove de Julho até a Praça Santa Cruz, onde continuaram com gritos antirracismo. A ação durou aproximadamente 30 minutos.


Organizadora do evento, a estudante Janaína Oliveira, que cursa Ciências Sociais na Unesp, explica que a intenção é não deixar morrer o que ocorreu na universidade. “Temos que mostrar para a sociedade o que houve. Vamos lutar contra esse tipo de violência”, diz.


Para ela, a pichação foi uma vergonha para a população brasileira. “Achei um absurdo. Não podia esperar que acontecesse dentro de uma universidade. O Brasil tem uma interligação cultural com a África. Aqui há uma miscigenação e é preciso parar com essa questão da cor da pele. Manchou a imagem do país”, observa.

Protesto contra o racismo em frente a shopping na região central de Araraquara (Foto: Rodrigo Maia/G1)Protesto contra o racismo em frente a shopping na região central de Araraquara (Foto: Rodrigo Maia/G1)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons