terça-feira, 15 de outubro de 2013

Oficina de Graffiti com mulheres da Maré debaterá formas de combate à violência doméstica

galpão Maré
A Rede Nami, em parceria com o Observatório de Favelas e a Redes de Desenvolvimento da Maré, convida para um dia de atividades no Conjunto de Favelas da Maré que reunirá mulheres, moradoras da Maré e de outras localidades, assim como artistas de rua a fim de discutir sobre os problemas e as vivências enfrentadas pela mulher da Maré, além de abordar o combate a violência contra a mulher.
O encontro será no sábado, dia 19 de outubro, a partir das 9h no Galpão Bela Maré e contará com a presidente da Rede Nami, a artista plástica e graffiteira, Panmela Castro que intermediará o debate entre os convidados e convidadas, como os artistas Bobi, Rena e Criz e as mulheres e moradoras presentes. 
A ideia é que seja um bate-papo informal e que todas e todos presentes possam se manifestar livremente e discutir sobre cultura, graffiti e a vida na favela.
Após o debate, todas as pessoas presentes serão convidadas a participar de uma oficina de graffiti com criação coletiva, onde o debate, as ideias e os apontamentos feitos durante a conversa poderão se refletir no painel que será criado.
SOBRE A REDE NAMI
A Rede NAMI é uma ONG, que tem como principal finalidade o uso da arte como veículo de transformação cultural positiva através da promoção dos direitos humanos, em específico, dos direitos da mulher. É formada por uma rede de 180 mulheres que possuem como ponto de partida a cena urbana, trabalhando com artes plásticas, grafite, fotografia, design, audiovisual, teatro, moda, cenografia, multimídia, educação e pesquisa. Com experiência em capacitação e oficinas de arte, realiza projetos, ações civis e públicas, eventos sócios culturais, seminários e produções artísticas, sempre com objetivo de defender e promover os direitos das mulheres.
SOBRE A PANMELA CASTRO
Artista plástica nascida e criada no subúrbio carioca, Panmela Castro descobriu no graffiti um modo de vida para expressar-se contra o machismo e as imposições e violências que as mulheres são vítimas na sociedade. De arte provocativa, Panmela a.k.a. Anarkia Boladona pinta mulheres e suas experiências.
Eleita em 2012, ao lado de Dilma Roussef como uma das 150 mulheres mais influentes do mundo, já graffitou em mais de 12 países e à frente da Rede Nami dirige projetos que combatem à violência doméstica, que divulgam a Lei Maria da Penha e o Disque 180 e que trabalham para empoderar ainda mais as mulheres sobre seus direitos.
Galpão Bela Maré – Rua Bittencourt Sampaio, 169 – entre as passarelas 9 e 10 da Avenida Brasil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | JCpenney Printable Coupons